Domingo, 25 de Maio de 2008

OLHOS FIXOS

 

 
Um adolescente foi castigado  por seus pais várias vezes, porque vivia errando.
Chegou à conclusão de que não conseguiria se corrigir, assim dirigiu-se ao director de seu colégio e humildemente perguntou:
 Professor, o que devo fazer para não cometer esses erros novamente?
 Tenho me esforçado, mas não estou conseguindo!
 O mestre então, sabiamente, tomou um copo, encheu-o de água e entregou-o ao jovem, dizendo: filho, ande com este copo por todo o colégio, entre em todas as salas, suba e desça todas as escadas, entre em todos os cantos e becos, nos jardins, no sótão e volte aqui sem derramar uma só gota dessa água.
- Impossível, não vou conseguir! Disse o jovem.
 Se quiseres vais conseguir sim - disse o mestre.
 O jovem saiu, devagar, com os olhos fixos no copo. Subiu e desceu escadas, entrou e saiu das salas, cantos e becos, sótão, jardins, e voltou sem ter derramado a água. O mestre olha-o, bate-lhe nos ombros carinhosamente e lhe disse:
 Não viste as moças que passeavam pelo jardim no horário de aulas?
 Não viste os teus colegas que estavam bebendo, ou aqueles que estavam fumando?
 Não - responde o jovem - eu estava com os olhos fixos no copo.
 O mestre sorriu, e disse: Se fixares os olhos em Deus, como fizeste com o copo, terás a forçam que tanto precisas para vencer as tentações e não cometerás mais as faltas  pelas quais tem sido castigado.
 Olha para Deus, e deixe-o ser o rumo da tua vida! Só Ele pode dar um sentido especial para o teu viver!
 

 

 

publicado por saozinhasimoes às 18:10

link do post | comentar | favorito
Domingo, 18 de Maio de 2008

AMOR E SONHOS

 

 Conta a lenda que uma jovem mariposa de corpo frágil e alma sensível voava ao sabor do vento. Certa tarde, quando viu uma estrela muito brilhante e se apaixonou. Voltou imediatamente para casa, louca para contar à mãe que havia descoberto o que era o amor, mas a mãe lhe disse friamente:
- Que tolice! As estrelas não foram feitas para que as mariposas possam voar em torno delas. Procure um poste ou um abjure e se apaixone por algo assim; para isso nós fomos criadas.

Decepcionada, a mariposa resolveu simplesmente ignorar o comentário da mãe e permitiu-se ficar de novo alegre com a sua descoberta e pensava: - Que maravilha poder sonhar!
Na noite seguinte, a estrela continuava no mesmo lugar, e ela decidiu que iria subir até o céu, voar em torno daquela luz radiante e demonstrar seu amor. Foi muito difícil ir além da altura com a qual estava acostumada, mas conseguiu subir alguns metros acima do seu voo normal.

Entendeu que, se cada dia progredisse um pouquinho, iria conseguir chegar à estrela, então armou-se de paciência e começou a tentar vencer a distância que a separava do seu amor. Esperava com ansiedade que a noite descesse e, quando via os primeiros raios da estrela, batia ansiosamente as suas asas em direcção ao firmamento. Sua mãe ficava cada vez mais furiosa e dizia:
- Estou muito decepcionada com a minha filha! Todas as suas irmãs e primas já têm lindas queimaduras nas asas, provocadas por lâmpada! Devias deixar de lado esses sonhos inúteis e arranjar um amor que possas atingir.

A jovem mariposa, irritada porque ninguém respeitava o que sentia, resolveu sair de casa. Mas, no fundo como, aliás, sempre acontece ficou marcada pelas palavras da mãe e achou que ela tinha razão.

Por algum tempo, tentou esquecer a estrela, mas o seu coração não conseguia esquecer a estrela e, depois de ver que a vida sem o seu verdadeiro amor não tinha sentido, resolveu retomar a sua caminhada em direcção ao céu.
Noite após noite, tentava voar o mais alto possível, mas, quando a manhã chegava, estava com o corpo gelado e a alma mergulhada na tristeza. Entretanto, à medida que ia ficando mais velha, passou a prestar atenção a tudo que via à sua volta.

Lá do alto podia enxergar as cidades cheias de luzes, onde provavelmente suas primas e irmãs já tinham encontrado um amor, mas, ao ver as montanhas, os oceanos e as nuvens que mudavam de forma a cada minuto, a mariposa começou a amar cada vez mais a sua estrela, porque era ela quem a empurrava para ver um mundo tão rico e tão lindo.

Muito tempo depois resolveu voltar à sua casa e aí soube pelos vizinhos que sua mãe, suas irmãs e primas tinham morrido queimadas nas lâmpadas e nas chamas das velas, destruídas pelo amor que julgavam fácil. A mariposa, embora jamais tenha conseguido chegar à sua estrela, viveu muitos anos ainda, descobrindo que, às vezes, os amores difíceis e impossíveis trazem muito mais alegrias e benefícios que aqueles amores fáceis e que estão ao alcance de nossas mãos.

Com esta lenda aprendemos duas coisas: valorizar o amor e lutar pelos nossos sonhos, porque sabemos que é a realização deles que nos faz feliz e lembremos:

"o mundo está nas mãos daqueles que têm coragem de sonhar,
e correr o risco de viver seus sonhos".

 

 

publicado por saozinhasimoes às 14:12

link do post | comentar | favorito
Domingo, 11 de Maio de 2008

PRESENTES

As pessoas são presentes de Deus para mim... Já vêm embrulhadas, algumas lindamente e outras de modo menos atraente. Algumas foram danificadas no correio; outras 
"por entrega especial".

Algumas são desarmadas; outras hermeticamente fechadas. Mas o invólucro não é o presente e essa é uma importante descoberta... É tão fácil cometer um erro a esse respeito! Julgar o conteúdo pela aparência...

Às vezes, o presente é aberto com facilidade. Às vezes é preciso a ajuda de outros. Talvez porque tenham medo. Talvez porque já tenham sido magoadas antes e, não queiram ser magoadas de novo. Pode ser que já tenham sido abertas e depois jogadas fora. Pode ser que agora se sintam mais como "coisas" do que "pessoas humanas"...

Sou uma pessoa. Como todas as outras, também sou um presente. Deus encheu-me de uma bondade que é só minha. E, contudo, às vezes tenho medo de olhar dentro do meu invólucro. 

Talvez eu tenha medo de me desapontar, talvez eu não confie em meu próprio conteúdo. Ou pode ser que eu nunca tenha realmente aceitado o presente que eu sou...

Todo encontro e partilhar de pessoas é uma troca de presentes... Meu presente sou EU, o seu presente é VOCÊ.

Somos presentes de Deus um para o outro...

(Autor: John Powel)

 

publicado por saozinhasimoes às 19:49

link do post | comentar | favorito
Domingo, 4 de Maio de 2008

FELIZ DIA DA MÃE

publicado por saozinhasimoes às 15:38

link do post | comentar | favorito

SENTE-SE SÓ?

 

O telemóvel não toca, a solidão em toda a casa!
Uma taça de vinho somente, um prato, um talher...
A solidão está em si instalada! a danada da solidão...
O que ela quer? O que ela quer?

A solidão  se aninha de repente, poderá estar só ou rodeado de gente. Sente a sensação de vazio dentro do coração, Isolamento! É a falta de um amor, de carinho, ou saudade crucial da amizade, de um telefonema, ou de um aperto de mão!

No seu correio electrónico não chegam e-mails, nenhum cartão...
A pessoa amada foi embora, vem a solidão! Ela se instala... e vem de mansinho,  fazendo morada no seu coração!

Aceite a sábia companheira com alegria... aprenda a amar-se mais... e saiba que você é a melhor companhia saia do escuro, abra a janela... acenda a vela...! O mundo não é uma ilha... nunca estamos sós...

Sente-se só? Assopre a angústia para fora... mude seus pensamentos agora! Com fé no amanhã... Se aprender a amar... a conviver... será uma pessoa querida... Amando todos à sua volta... Amando a vida....

Quando a solidão se esparramar... naquele chuvoso final de semana, abençoe a chuva... Acolha a esperança... deixe a chuva levar toda a sua dor...

E, quando menos esperar... Sabendo amar...
 Um dia também receberá amor!

 

 

 

 

publicado por saozinhasimoes às 15:15

link do post | comentar | favorito

.TRADUÇÃO

.posts recentes

. O TRAPACEIRO

. FELIZ ANO NOVO

. FELIZ NATAL

. UMA BOA SEMANA

. SENTIDO DA VIDA

. A JOIA PERDIDA

. OS DEZ MANDAMENTOS DA QUA...

. A QUEM PERTENCE...

. NUMA NOITE

. RESSUSCITOU! ALELUIA!

.arquivos

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.links

.contador


Contador Grátis