Domingo, 25 de Fevereiro de 2007

A LEI DO AMOR

 

 

Quando o amor ainda está mesclado com os impulsos do instinto e do
desejo, nós o encontramos sob o nome de PAIXÃO.
Quando o amor traduz afinidade, carinho e respeito mútuo,
nós o chamamos de
AMIZADE.
Quando o amor resvala pelos caminhos áridos do ciúme e da posse, ele
aprisiona, e é quando encontramos o APEGO.
Quando o amor liberta, nós o chamamos de renúncia.
Quando o amor ainda está fechado em si mesmo, como semente escura e
enclausurada, nós o chamamos de EGOÍSMO.
Quando o amor se
expande como um
Sol ardente, em
benefício do
semelhante,
torna-se
divino, e o
chamamos de
CARIDADE.

O ÓDIO é apenas a ausência de amor, assim como a sombra é a
ausência de luz, ou então...

....é o amor traído e, por isso mesmo, tempestuoso
O amor é como o Sol...
....está por toda parte.
A diferença está na maneira como pensamos
O amor é a força que une os mundos...
....até mundos tão diferentes como
eu e tu...
.... Está presente nos pequenos seres...
.... E até nos recantos mais escondidos do coração.
Quando nos afastamos desse AMOR, sentimos o frio e a infelicidade na
alma.
Se nos aproximamos dele, sentimos a paz e a alegria. Porém, esse amor
terá matizes diversos, segundo a nossa capacidade de percebê-lo em
nós.
Essa é a LEI da vida...
Estamos imersos nesse AMOR.
E é para ele o destino de todos nós.
AMAI-VOS
Vós sois AMOR.

 

 

 

publicado por saozinhasimoes às 21:35

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 16 de Fevereiro de 2007

A JOIA PERDIDA

Atravessando o deserto, um viajante viu um árabe junto a uma palmeira. A pouca distância repousavam os seus cavalos, pesadamente carregados com valiosos objectos.
Aproximou-se dele, e disse:
- Pareces muito preocupado. Posso ajudar em alguma coisa?

- Ah! Respondeu o árabe com tristeza, estou muito aflito, porque acabo de perder a mais preciosa de todas as jóias.

- Que jóia era essa? -- Perguntou o viajante.

- Era uma jóia como jamais haverá outra – respondeu o seu interlocutor.

Estava talhada num pedaço de pedra da vida e tinha sido feita na oficina do tempo. Adornavam-na vinte e quatro brilhantes, em volta dos quais se agrupavam sessenta menores. Já vereis que tenho razão em dizer que jóia igual jamais poderá reproduzir-se.

- Pensando bem – disse o viajante –, a sua jóia devia ser preciosa. Mas não será possível que, com muito dinheiro se possa fazer outra igual?

Voltando a ficar pensativo, o árabe respondeu:

 

- A jóia perdida era um dia, e um dia que se perde jamais se torna a encontrar.
publicado por saozinhasimoes às 22:45

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 12 de Fevereiro de 2007

PENSAMENTO

"Se os teus sonhos estão nas nuvens,

 não te preocupes, pois eles estão no lugar certo.

Agora só tens é que construir os alicerces."

publicado por saozinhasimoes às 21:37

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 8 de Fevereiro de 2007

OS SAPOS

 

Um dia, os sapos decidiram fazer uma competição. Como os desportos radicais estavam na moda, resolveram subir até ao como da torre mais alta da cidade.

Chegado o dia, começou a competição. Ei-los atarefados para ver qual deles conseguia subir mais alto.

A multidão, que presenciava o espectáculo, não acreditava que conseguissem uma tal proeza. Toda a gente dizia:

- Não irão conseguir!

Os sapos, ao ouvirem as vozes pessimistas da multidão, começaram a desistir, um após o outro. Mas havia um que persistia e continuava a subida.

As pessoas, cada vez mais pessimistas, diziam:

- Não irão conseguir!

Desistiram os últimos, menos aquele sapo que continuava tranquilo, embora ofegante. E chegou até ao ponto mais alto da torre.

No final da competição, as pessoas quiseram saber o segredo da vitória. Descobriram então que era surdo.

 

Por vezes, temos de fazer orelhas moucas aos pessimistas, que nos convidam a deixar de lutar pelo bem.  

publicado por saozinhasimoes às 22:37

link do post | comentar | favorito

.TRADUÇÃO

.posts recentes

. O TRAPACEIRO

. FELIZ ANO NOVO

. FELIZ NATAL

. UMA BOA SEMANA

. SENTIDO DA VIDA

. A JOIA PERDIDA

. OS DEZ MANDAMENTOS DA QUA...

. A QUEM PERTENCE...

. NUMA NOITE

. RESSUSCITOU! ALELUIA!

.arquivos

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.links

.contador


Contador Grátis